Assine o canal RSS

«

»

mar
20

NINGUÉM MORRE

O budismo clássico ensina que não há morte quando não há ego. O ego com todas as lembranças é uma miragem contaminada que nos cega e nos distrai. Aquilo que você pensa como sendo você é uma ilusão. A pratica budista implica em por o ego onde é o lugar dele, isso é lugar nenhum. È claro que o ego não gosta disso e tenta impedir essa pratica. A função do ego é inflamar e não esfriar. Se você não tem ego, não pode experimentar a morte do ego, o ego é uma ilusão, na verdade não há ninguém ali por tanto ninguém morre. “…quando penetro mais fundo no que  chamo eu mesmo, sempre esbarro em uma ou outra percepção particular, de calor ou frio, luz ou sombra, amor ou ódio, dor ou prazer. Nunca me pego sem uma  percepção, e nunca observo nada a não ser a percepção. “  David Hume

 

Sobre o autor

Maguy Shantty

Comentários

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.